"...O melhor lugar do mundo
É dentro de um abraço
Pro solitário ou pro carente
Dentro de um abraço é sempre quente
Tudo que a gente sofre
Num abraço se dissolve
Tudo que se espera ou sonha
Num abraço a gente encontra..."

Jota Quest - Dentro de um Abraço

Somos um "amigo" virtual, e sabemos da importância de um abraço, está me vendo aqui em baixo?

 

Então, sou composto por abraços de todos nós, eu, você e tantos outros que chegam até aqui, você não está sozinho, junte-se a nós

Sinta-se abraçado, sinta, fique aqui.

Aquele

Abraço


Tudo que

 

a gente

sofre

 


Num abraço se dissolve

 


Em minhas lembranças infantis tenho o registro de uma rotina exaustiva de trabalho dos meus pais.

 


Meu pai era vigilante e tinha uma carga horária intensa de trabalho e por onze anos o conseguia ver somente em seu dia de folga que era esperado com muita ansiedade. Presenciei minha mãe exigindo que sua arma de trabalho fosse escondida no topo do guarda roupas, também o vi guardando o uniforme bem escondido em sua bolsa de trabalho, ele jamais ia ou voltava do trabalho uniformizado.


Com um pouco mais de idade entendi que andar uniformizado era uma exposição perigosa demais para ele, também pude entender a exigência de minha mãe de que a arma de trabalho do meu pai não ficasse mais em casa. Foi observando o medo dos meus pais com relação a profissão de meu pai que eu aprendi o que era o medo, eu não entendia muitas coisas na época, mas tenho convicção que corríamos o risco de perder meu pai.

Os anos passaram, meu pai se manteve nas mais variáveis atividades de vigilante que podem ser ocupadas, sim houveram percalços, assaltos, sequestros relâmpagos, cargas horárias comprometedoras. Meu pai nunca verbalizou, mas morando em uma casa pequena presenciava seu sono perturbado, o cansaço limitante que certa vez o fizera cair no transporte público rendendo cinco pontos acima dos olhos e mais uma lembrança para mim.


Ele se aposentou sem queixa-se, nem mesmo hoje o faz, relata com orgulho suas vivências, mas também é possível notar no tom de voz e no olhar que não foram anos fáceis, que nunca houve um respaldo para suas angustias. Quando adulta e próxima de alguém que ocupa a função de guarda civil municipal, pude reviver algumas vivencias de minha infância, o sono conturbado, arma em punho, uniforme escondido, carga horária exaustiva, má remuneração, sofrimento psicológico sem nenhum acolhimento e seus desdobramentos, o vi lamentando a perda de colegas, em serviço, acidentes e suicídios.


Os anos passaram, mas ainda vivemos o mesmo medo de os nossos não retornarem.

 

E o futuro é uma astronave que tentamos pilotar,

Não tem tempo nem piedade,

 

nem tem hora de chegar.

Sem pedir licença muda nossa vida,

 

depois convida a rir ou chorar.

“Por fora eu estou em chamas e por dentro sou apenas um vazio.

Não posso me cortar, mas preciso que alguma coisa seja tirada de mim, preciso de alívio.”

As palavras são de Charlotte Davis, 17 anos, protagonista do livro Garota em Pedaços (Editora Planeta, 2017), escrito pela norte-americana Kathleen Glasgow.

As razões que levam alguém a se ferir são diversas, se você passa por isso e não consegue identificar o porque, acalme-se dentre os diversos motivos, as principais queixas estão em torno de:

  • Extravasar a dor ou outros sentimentos intensos.

  • Acalmar-se ou sentir-se melhor.

  • Sentir-se menos entorpecido ou deslocado.

  • Aliviar a raiva ou a tensão do corpo.

Mas o que fazer quando estamos em crise e não vemos outra

forma de alívio além da auto mutilação?

São muitas as possibilidades de aliviar a tensão gerada no momento conflituoso, algumas podem não te agradar, outras não serem acessíveis, mas, o que realmente importa, é que existem opções.

 

Opção 1 - GRITE

 

Para aquele momento em que está junto a várias pessoas, ou em algum lugar onde não pode fazer barulho excessivo para não chamar atenção e não sabe o que fazer, quando a agonia e a tensão passam a tomar conta, GRITE.

Como assim??? Gritar no meio de todos?

Não, grite em silêncio, ouça uma música que te faça extravasar, monte uma playlist com o nome GRITO, ou MEU ALÍVIO, e sempre que estiver em situação de conflito, que esteja pensando em se auto mutilar para aliviar algum sentimento, ouça esta playlist, e GRITE, mesmo que seja em silêncio.

 

Opção 2 - Destrua alguma coisa

 

 

Você está em casa, e de repente começa a se sentir sem ar, o coração fica apertado, e aquela sensação de sufocamento precisa ser aliviada de alguma forma, esta sensação precisa ser aliviada, é preciso botar pra fora, essa culpa precisa ser destinada a alguma coisa, sendo assim, DESTRUA ALGUMA COISA.

Mas como assim, destruir minhas coisas, ou pior, as coisas de alguém?

Nada disso, vem comigo, pegue um monte de papel, pegue aquela matéria chata do jornal, pegue aquele caderno velho que já não tem utilidade, sabe aquelas sacolas de papel que guardamos para usar um dia? Então, pegue elas também, juntou tudo? Agora veja o que fazer:

 

Opção 3 - Coma alguma coisa

 

 

O sentimento de impotência diante as situações que estimulam nosso sentimento de culpa, podem ser niveladas através de outros tipos de prazer, um deles é agradar nosso paladar a sabores extremamente agradáveis, esta é mais fácil não é mesmo?

Busque se deliciar com algo que te cause prazer, busque seu prato predileto, sua sobremesa predileta.

Está sem ideia do que pode experimentar? Não se esqueça que somos amigos, então, acompanhe essas sugestões fáceis de fazer e ficam prontas em até 5 minutos:

 

Gostou das dicas?

 

Entendemos que este é um  momento muito difícil, as vezes podemos até juntar as três opções, que tal tentar!!!!

Vamos escolher nossa playlist GRITO, juntar uma papelada e deixar os comes e bebes do lado, e junto disso tudo, acreditar que vai dar certo, e que esta fase vai passar.

Se lembra que falamos de várias opções, seguem mais algumas:

  1. Prática de exercícios físicos;

  2. Corrida;

  3. Yoga;

  4. Natação;

  5. Ler um livro;

  6. Assistir uma série ou filme;

  7. Sair com os amigos;

  8. Visitar um parque;

  9. Adotar um animal de estimação;

Compartilhe sua história com a gente, e ajude um amigo a se superar,

conte como é a sua forma de lidar

com esses sintomas,

é fácil,

basta clicar aqui.

  • O autoflagelo é um sintoma, não uma doença. Não tente se auto diagnosticar busque ajuda profissional.

  • Não hesite em chamar uma ambulância caso os ferimentos representem risco de vida. Comportamentos de automutilação podem gerar mais mal que o pretendido, levando a complicações ou até mesmo a morte.

Em caso de crise, ligue 188

"...Espero que você não se importe,

Que eu expresse em palavras

Quão maravilhosa a vida é, enquanto você está no mundo..."

Está tudo bem, somos todos feitos de  Emoções e Sentimentos

"...Amigos eu ganhei
Saudades eu senti, partindo
E às vezes eu deixei
Você me ver chorar, sorrindo..."

"...Sei tudo que o amor
É capaz de me dar
Eu sei já sofri
Mas não deixo de amar..."

"...Se chorei
Ou se sorri
O importante
É que emoções eu vivi..."

Dicas de como aliviar nossa ansiedade

Pegue o seu

aumente o volume e acalme-se com esses vídeos

Preciso te dizer algo sobre você e o mundo que você precisará enfrentar:

algumas pessoas vão te machucar. às vezes a tua expectativa vai te machucar. às vezes a tua intuição vai te machucar. de alguma maneira, em algum momento você vai se machucar.

mas por favor, não leve isso como castigo. você não precisa carregar as suas falhas como um fardo, você não tem que levar contigo quem te machucou.

você é muito mais que suas marcas. então, não se culpe.

saiba que nem todo mundo vai permanecer na sua vida. e algumas vezes você vai até agradecer por isso. nem tudo vai sair como você espera, talvez porque o que você espera, não seja o que você mereça de fato.

talvez alguém te prometa amor e te deixe na mão. e então você perceba o quão importante é se amar. pra que quando alguém deixe de te amar, você tenha a si mesmo. pra que quando alguém solte as suas mãos, você tenha os seus braços.

em algum momento você vai se sentir rejeitado. talvez algum dia alguém possa te trocar por outra pessoa. assim mesmo, como quem troca de roupas. talvez você pense que não é o suficiente só porque as pessoas vão embora.

 

se ninguém te contou, eu te conto: as pessoas vão continuar indo embora. você vai partir de alguém. alguém vai partir de você. a vida é assim.

eu só te peço que aceite os finais, mas nunca se acostume com a partida a ponto de fugir do amor por medo de algo acabar. vai acabar sim. mas você não precisa acabar com você. nem se culpar. nem se maltratar. nem carregar pessoas que já se foram. você não precisa se destruir toda vez que alguém vai.

você só precisa recomeçar.
porque recomeçar cura.

Iandê Albuquerque

"...Bate no peito, grita bem alto Abre o sorriso, canta e diz

Eu mereço ser feliz..."

Se aproprie de seu direito em ser feliz, em assumir o compromisso consigo de fazer tudo que for possível para isto, sendo gentil e generoso com sua história  e sentimentos.

Está tudo corrido mesmo, as pessoas correm, o tempo passa depressa demais, os prazos são curtos e as permissões menores ainda. É fato que vez ou outra o universo nos engole, deixamos de viver para apenas existir.

Desta forma passamos a sentir menos, perceber menos, respirar menos, nos permitir menos, já não está bem o mundo lá fora não permitir que você sinta o que sente, que não esteja feliz o tempo todo, que não goste do que a moda dita, não faça você isto consigo mesmo.


Não engula sentimentos, nem os bons, nem os ruins, os bons porque precisamos de coisas boas flutuando por aí, os ruins porque envenenam e quando dispensados se dissipam.


Não segure o choro, chorar desde sempre fora prova de que se está vivo. Não se cale quando a vontade é gritar, somos um grande reservatório, a questão é de que nos preenchemos, somos nossa principal companhia, em boa parte do tempo somos nós com nós mesmos, então reorganize suas gavetas, cuide desta casa que é você.

Não se esconda, suas marcas contam sua história, suas cores sua identidade. Não tenha vergonha de mostra-las, existe beleza nelas, e quem com elas

se encante.

Acompanhe nossas postagens, conteúdo novo toda semana.

Tem um conteúdo bacana que gostaria de ver publicado aqui?

 

Basta preencher o formulário ao lado e nos indicar.

Contate-nos
  • Black Facebook Icon
  • Black Twitter Icon
  • Black Instagram Icon
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now